Home / Geral / Servidores do INSS decretam greve a “contragosto” do governo Lula
Foto: Reprodução / BNews / Joédson Alves/Agência Brasil

Servidores do INSS decretam greve a “contragosto” do governo Lula

Espalhe por ai:

Ainda não se sabe os impactos que a greve dos servidores INSS pode gerar no país

Os esforços do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não foram suficientes para conter a iminente greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) marcada para esta quarta-feira (10).

De acordo com o que foi informado ao BNews, a paralisação está mantida para esta quarta, sendo encabeçada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Seguro Social e Previdência Social no Estado de São Paulo (SINSSP-BR) — sindicato exclusivo dos servidores do INSS.

Inclusive, um ofício enviado ao Governo Federal na última segunda-feira (8), no qual o BNews teve acesso, mostra que SINSSP-BR e a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) estão de acordo com o início da greve e notificaram o Ministro da Previdência Social, Carlos Lupi (PDT); a ministra de Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck; além do presidente do INSS, Alessandro Antônio Stefanutto.

“A decisão pela greve, a qual é o último recurso dos trabalhadores e das trabalhadoras, ocorre pelo não atendimento das reivindicações da categoria, negociações que não avançam e não atendem às reivindicações dos servidores(as) do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS”, dizia um trecho do comunicado.

Questionado pelo BNews sobre os impactos da greve na Bahia e no Brasil, o instituto informou que, por se tratar de um a paralisação nacional, qualquer posicionamento vserá emitido pelo próprio Governo Federal.

Rodada de negociações

BNews já havia trazido que a proposta ofertada aos servidores pelo governo Lula — assim como tem ocorrido com outras categorias do funcionalismo público — supera a inflação projetada para o período, que varia de 15% a 18%. O cálculo considera os anos de 2023 a 2026 (do atual mandato do petista).

No ano passado, foi concedido um reajuste linear a todos os servidores de 9%. Neste ano, não haverá correção salarial, mas serão ofertados reajustes para 2025 e 2026, a depender de cada categoria.

Fonte: BNews

Espalhe por ai:

Sobre Jefferson Cleiton

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vacina nacional contra Covid-19 está em fase avançada, afirma ministra

Espalhe por ai: A primeira vacina 100% brasileira para a Covid-19, está ...

Justiça anula julgamento do ator Alec Baldwin por homicídio culposo em set de filmagem

Espalhe por ai: A Justiça norte-americana anulou o julgamento do ator Alec ...